Archives par mot-clé : gato

TODOS OS PECADOS DO MUNDO – Poema Jacky Lavauzelle

TODOS OS PECADOS DO MUNDO
TODOS OS PECADOS DO MUNDO - Poema Jacky Lavauzelle
Photo Jacky Lavauzelle

*A hipótese do homem TODOS OS PECADOS DO MUNDO - Poema Jacky Lavauzelle





Jacky Lavauzelle Poema

*
A hipótese do homem


****
TODOS OS PECADOS DO MUNDO
****

*****
O gato descendo as escadas
Este gato acaba de poluir as sombras da lua
Hoje a noite
É ele!
Ele acha que ele é um cordeiro de Deus!
Um chinelo caiu e uma grande rachadura veio
Uma primeira gota inocente caiu na minha testa
Todos os pecados do mundo foram então despejados
De altura infinita
Em um som diabólico
Tempestade Sagrada e Relâmpago Torturado
Assim!

Um palhaço e um cisne fecharam a marcha
Uma aranha com o seu rosário costurou a tela
Com duas ou três nuvens passando
Não havia mais nada
Um céu vazio
Sem nenhuma escuridão
Sem ansiedade
O céu que percebeu que tudo tinha ido longe demais
Que isso acabaria mal
Mas o que fazer? 
O gato bagunçou as sombras da lua
Ele arruinou o céu
Ele esvaziou fobias do mundo e corações
E ele esvaziou o transtorno obsessivo-compulsivo
E voltou para a cama
pacificamente
Com nenhum outro pânico do que descansar então
  Os romances se tornaram árvores novamente
Ou borboletas de candura
As sardinhas enlatadas tornaram-se peixes vivos
Ou corações de azure
Nossos corações são almas novamente
Ou patifes mal penteados
Com a paixão desequilibrada 
O gato sobe as escadas
O que ainda pode acontecer?
**********************
Versão francesa
TOUS LES PÉCHÉS DU MONDE

TOUS LES PÉCHÉS DU MONDE Poème Jacky Lavauzelle

 

**
Versão italiana
TUTTI I PECCATI DEL MONDO

Tutti I Peccati Del Mondo Poesia di Jacky Lavauzelle

 

******************

TODOS OS PECADOS DO MUNDO
*TODOS OS PECADOS DO MUNDO - Poema Jacky Lavauzelle

MIHAI EMINESCU -Despărţire – SEPARATION

România – textul în limba română
Mihai Eminescu

EminescuEminescu

Traduction – Texte Bilingue
Traducerea Text bilingvă


LITTERATURE ROUMAINE
POESIE ROUMAINE

Literatura Română
Romanian Poetry

Mihai Eminescu
1850 – 1889

TRADUCTION JACKY LAVAUZELLE

Despărţire

 Séparartion

*

Separation Mihai Eminescu Artgitato Nicolae Tonitza Nicolae Tonitza - Jardin à Valeni Musée d'Art de Targu Mures

Nicolae Tonitza
Jardin à Văleni
1922-1924

Musée d’Art de Târgu Mureș

*

Să cer un semn, iubito, spre-a nu te mai uita? 
Exiger un signe, chérie, pour me souvenir de toi ?
Te-aş cere doar pe tine, dar nu mai eşti a ta;
Je voudrais juste te le demander, mais tu n’es plus à toi ;
Nu floarea vestejită din părul tău bălai,  
La fleur fanée dans ta blonde chevelure, je ne veux
Căci singura mea rugă-i uitării să mă dai. 
Oublie-moi et abandonne-moi, cette seule prière je veux.
La ce simţirea crudă a stinsului noroc 
Cruelle souffrance de ressentir ce bonheur qui part
Să nu se sting-asemeni, ci-n veci să stea pe loc?
Le laisser partir et rester immobile ?…

România – textul în limba română
Mihai Eminescu

EminescuEminescu